Ilha Tv - Ilhabela
CIDADE NOSSA TV ENTRETENIMENTO ESPORTE VIVER BEM POLÍTICA GUIA ILHABELA CLASSIFICADOS
           
Viver Bem

PÁGINA ANTERIOR


Como proteger a pele e os lábios do frio

Basta esfriar um pouco e muita gente, crianças especialmente, aparecem com a mucosa dos lábios “queimada” pelo frio. Incomoda demais. Outros começam a apresentar coceiras e lesões na pele que está naturalmente mais ressecada no frio. Sem dúvida, a pele e as mucosas ficam mais sensíveis e muito mais expostas a diversas agressões no inverno.

Por que isso acontece? Como fazer para evitar? Vamos entender.

A pele é o maior órgão de nosso corpo. Tem várias funções importantes. Entre tantas, a nobre missão de separar o ambiente externo do organismo, tentando manter a temperatura corpórea a mais estável possível, perto de 36,5ºC, independentemente do fato de a temperatura ambiente estar 10ºC ou 39ºC. Os poros se abrem ou se fecham, retendo ou liberando o calor interno, dependendo das circunstâncias climáticas.

Além disso, a pele é uma eficiente barreira contra agressores externos. Para tal, produz uma camada de óleo que atua como um mecanismo de proteção.

Nos dias mais frios, os poros se fecham. Menos água sai do corpo e, portanto, suamos menos. A pele fica mais seca. Além disso, a produção natural de óleo diminui. Consequência: esta camada protetora, composta por óleo e água, diminui também.

Além disso, nos dias frios tendemos a tomar banhos muito mais quentes. A água quente tem a capacidade de retirar mais ainda a oleosidade natural da pele. Resultado: a pele fica muito mais ressecada e sem defesas naturais. Fica, portanto, muito mais exposta a microrganismos como vírus, bactérias e fungos. Além disso, o contato com as roupas ou alérgenos do ar nos deixa mais propensos a processos alérgicos. Como consequência do conjunto destas agressões, a pele pode ficar vermelha, com prurido e bem mais susceptível a lesões de vários tipos como psoríase, eczema ou dermatite seborreica.

O mesmo acontece com a mucosa dos lábios. A mucosa labial é extremamente sensível e a lesão produzida pelo frio é como uma “queimadura”: a pele fica muito vermelha, arde e dói. A tendência de todos é tentar aliviar o ardor com a saliva, passando a língua no lábio machucado. Pode aliviar um pouco no momento. Mas... em poucos segundos o ardor volta e geralmente volta mais intenso. Isso porque a saliva contem várias enzimas digestivas que machucam mais ainda uma mucosa já lesada. Resultado: piora a lesão, ao invés de melhorar.

Como proteger a pele e os lábios do frio? Vamos às dicas.

1. Evite banhos quentes e prolongados. Não é nada fácil neste frio. Mas uma dica pode ajudar: antes de começar seu banho, leve um aquecedor para o banheiro, deixando-o previamente aquecido e gostoso. Um banheiro quentinho é muito mais confortável e permite que a temperatura da água seja bem mais baixa. Não fique cantando ou enrolando no chuveiro. Banho rápido: 10 minutos no máximo.

2. Escolha bem seu sabonete. Dê preferencia aos líquidos ou neutros, pois hidratam mais a pele.

3. Enxugue-se bem com uma toalha macia. Toalhas ásperas podem provocar uma esfoliação e retirar mais ainda a proteção natural da pele.

4. Antes de se vestir passe um hidratante no corpo, principalmente nos braços, pernas e rosto. Aplique também um protetor labial. Pata tal, os produtos à base de manteiga de cacau são bastante indicados. Reaplique sempre que necessário.

5. Evite tecidos sintéticos. Podem provocar alergia e lesões pruriginosas na pele. Roupas de baixo de algodão são excelentes no frio.

Curta o frio com a pele intacta, quentinha e principalmente saudável!

Foto: J. Duran Machfee/Futura Press/Estadão Conteúdo
 


contato@ilhatv.com.br | (12) 3895-4295 Copyright © Todos os diretos reservados